quinta-feira, 9 de abril de 2009

Bomba aérea




A modelo Sarah Hannon, de 35 anos, decidiu tomar uma bebida para relaxar e suportar melhor o voo de nove horas entre Bangalore (Índia) e Londres. A loura exagerou na dose e acabou adormecendo. No meio da viagem, Sarah acordou e tomou um susto: o namorado, Daniel Melia, de 36, estava em uma poltrona ao lado em um ato sexual com outra passageira!


Pronto: o barraco estava instalado a mais de 9.000 metros de altitude. Daniel foi flagrado por uma aeromoçoa fazendo "indecências" com Clare Irby, de 26, debaixo do cobertor (ela está na foto à esquerda). Embriagada, a modelo teve um ataque de fúria e partiu contra o namorado e a "amante" supersônica de família aristocrata, ameaçando a segurança da aeronave. Ela foi contida pela tripulação.

Ao pousar em Heathrow, o avião da companhia Kingfisher Airlines foi tomado pela polícia, que prendeu o trio por desordem aérea e indecência. Depois, eles foram liberados pela Scotland Yard ao pagar fiança.

"Clare está em frangalhos, está arrasada. Não houve sexo. Isso tudo não é verdade. Ela não é desse tipo de pessoa", disse um membro da família Irby.

Sim, claro, todos nós temos certeza de que ela (a periguete morena da foto acima) não é esse tipo de pessoa.

* Essa matéria foi copiada do Globo (ex-On Line) e foi enviada por Fernando Moreira.

Um comentário:

Roberto disse...

Oi, Luciana, tudo bem? Vi sua entrevista no Globo News e me identifiquei completamente com seu livro. Eu já crieu uma Mulher-Bomba, que explodiu de uma forma louca, o que levou ao fim de um namoro de 3 anos. Queria relatar mais sobre essa experiência com você porque foi algo realmente sensacional (não que isso seja bom). Sou jornalista e já até pensei em escrever a respeito disso, mas não sei nem por onde começar. Ah, outro detalhe. O nome da bomba é Luciana tb. rsrs.